Às vezes no silêncio da noite, eu fico imaginando nós dois. Eu fico ali sonhando acordando, juntando o antes, o agora e o depois. Por que você me deixa tão solto? Por que você não cola em mim? Tô me sentindo muito sozinho. Não sou nem quero ser o seu dono, é que um carinho às vezes cai bem. Eu tenho os meus desejos e planos secretos, só abro pra você, mais ninguém. Por que você me esquece e some? E se eu me interessar por alguém? E se ela de repente me ganha? Quando a gente gosta é claro que a gente cuida. Fala que me ama, só que e da boca pra fora. Ou você me engana ou não está madura, onde está você agora?
Caetano Veloso.  (via desalentou)
Posted 21 April 2014, 3 days ago | 1,905 notes | reblog this post
(originally desalentou / via monicacampagnin)
A vida fica mais bonita, quando encontramos alguém que nos faça bem.
Cássia Ellen  (via romantizar)
Posted 21 April 2014, 3 days ago | 37,255 notes | reblog this post
(originally justhiss / via monicacampagnin)
Posted 21 April 2014, 3 days ago | 37,201 notes | reblog this post
(originally linguagem / via monicacampagnin)
Posted 21 April 2014, 3 days ago | 8,501 notes | reblog this post
(originally relicario-fotografico / via monicacampagnin)
Posted 21 April 2014, 3 days ago | 11,647 notes | reblog this post
(originally meckdly / via monicacampagnin)

Eu te amo, mas se tu continuar me deixando no vácuo o amor vai acabar

Posted 21 April 2014, 3 days ago | 1,642 notes | reblog this post
(originally tuagata / via monicacampagnin)
Posted 21 April 2014, 3 days ago | 8,195 notes | reblog this post
(originally drouxer / via monicacampagnin)
Posted 21 April 2014, 3 days ago | 3,683 notes | reblog this post
(originally sex-s / via monicacampagnin)

É minha vida neguin, se sabe como faz , noitada e bebida é uma combinação sagaz.

Posted 21 April 2014, 3 days ago | 836 notes | reblog this post
(originally teupatrao / via monicacampagnin)
Posted 21 April 2014, 3 days ago | 7,755 notes | reblog this post
(originally omundodeumadolescente2 / via monicacampagnin)
O mar e amar
dizem que ambos são infinitos.
Porque eu fazia do amor um cálculo matemático errado: pensava que, somando as compreensões, eu amava. Não sabia que, somando as incompreensões é que se ama verdadeiramente.
O amor não se compra
e nem se vende...
theme por affectingyou; inspirado em decepcionar, com detalhes de maresia e quase-insana.
page 1 of 350 »